Tailândia, Tailândia, sua linda!

 

Long Beach - Phi Phi
Long Beach – Phi Phi

“Eu voltei, agora pra ficar, porque aqui, aqui é o meu lugar…”  Já dizia Roberto Carlos.

E aí gente, como todos provavelmente já sabem, enfim risquei um dos itens do grupo “lugares para conhecer”da minha bucket list. Nas duas primeiras semanas de novembro visitamos a Tailândia!!!!! Esse foi nosso itinerário:

  • 3 dias em Bangkok
  • 4 dias em Phuket
  • 3 dias em Phi Phi Island
  • 1 dia em Maya Bay
  • 3 dias em Ao Nang (Krabi)

Foram 14 dias e 15 noites de muita diversão, passeios e desafios. Visitamos tantos lugares e vivemos tantas novas experiências, que decidi contar em posts separados. Assim posso dar mais detalhes e, com sorte, inspirar meus queridos amigos a fazerem a mesma viagem (Me chamem. Super topo ir novamente =D).

Pra abrir a série “Visita a Tailândia”, um pouquinho das minhas impressões gerais sobre esse país apaixonante:

Situada no Sudeste Asiático, a Tailândia vem se tornando um dos locais mais procurados por turistas de todo o mundo, principalmente mochileiros atraídos pela diversidade cultural do país e baixo custo de vida. Engana-se quem pensa que a Tailândia, com suas praias paradisíacas de águas cristalinas, é pura paz e tranquilidade. Bastaram 3 dias em Bangkok vivendo o caos (em vários sentidos) daquela cidade e 4 dias hospedados próximo a Bangalore street, em Phuket, pra que eu tirasse meu cavalinho da chuva e entendesse que minha viagem seria muito, muito agitada.

Se tivesse que definir a Tailândia em uma palavra, esta seria: diversidade. Diversidade de uma forma BEM ampla. De calmaria a agitação, de monges em estado meditativo a taxistas gritando no seu ouvido, azul do mar versus cinza da cidade, culinária típica e também internacional, nativos sorridentes e educados e outros nem tanto…

Agora, se eu tivesse que escolher um símbolo que definisse a Tailândia, certamente não seriam as maravilhosas praias, mas sim seus templos e sua religiosidade. É impressionante a quantidade de templos budistas naquele país e a devoção do povo tailandês a Buda. Em cada esquina um altar montado, velas acesas e oferendas te fazem lembrar a todo momento o quão religioso é aquele pessoal. Visitar templos, conhecer de perto alguns monges e poder sentir na pele a energia que emana daqueles locais foi certamente um dos pontos altos da nossa viagem.

Bom, vou ficar por aqui, mas nos próximos dias prometo contar em mais detalhes e dar várias dicas sobre cada um dos lugares que visitamos!

 

 

 

 

Advertisements

2 thoughts on “Tailândia, Tailândia, sua linda!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s